quarta-feira, 8 de março de 2017

Como sou visto pela "Sociedade"

Olá, pessoal!

Estou com vontade de escrever hj e creio q este tema envolve todos da finansfera, pois acho q vcs se parecem comigo.

Sou formado em Engenharia por uma Universidade Federal e desde q formei estou trabalhando na área. Não q isso seja tão importante, mas tem um efeito interessante na imagem que vc passa para os outros.

Vivo com frugalidade: carro velho, celular intermediário, roupas muito usadas (rsrsrs), sem nenhuma ostentação, mas mesmo assim as pessoas me vêem como um jovem bem sucedido.

Apesar de nunca ter contado para ninguém meu salário, nem mesmo meu patrimônio (que é pequeno), as pessoas acham que sou um cara que ganha MUITO e q sou mão de vaca por não gastar com nada. No entanto, o "não gastar com nada" que eles falam é ir para bares todo final de semana, carrão do ano, Iphone "10", Macbook, roupas caras, jet sky... e tudo o mais q a Matrix pode nos oferecer.

Isto pode ocorrer devido ao meu ciclo social ser de classe média, onde a maioria das pessoas não tem nenhuma educação financeira e não venceram na vida.

No meu trabalho sou visto como "o homem da bolsa de valores" e "o homem dos investimentos", coitados, não sabem de nada. Se essas pessoas conhecessem o Frugal e o Soul iriam colocar eles em um pedestal.

Neste carnaval tive a percepção de q a "sociedade" realmente admira e dá um tratamento diferenciado para aqueles q estão em um patamar acima do deles. Chegaram a dizer q meu carrinho velho era fachada e q eu estava cheio de dinheiro no banco...kkkkkkkk

Acredito que estamos no caminho certo. Ninguém precisa ter uma Evoque 0 km rebocando um jet, trocar de iphone todo ano e andar vestindo calvin klein, hollister, hugo boss.....para ser feliz. 

Plantamos hoje para colher amanhã e isso me trás uma paz de espírito enorme, pois sei q se sair do emprego hj consigo passar 5 anos tranquilo.

Agora pergunto aos amigos: Vcs já sentiram algum tratamento diferente vindo da "sociedade" por ter um certo patrimônio?

Por hora é isso, amigos. Até a próxima!



















8 comentários:

  1. Olá GF.

    Melhorei um pouco no trabalho, tratamento especial que recebo. Sorrisos se abrem, portas se abrem, todos me tratam de forma muito boa, não que antes era ruim, mas percebo um tratamento melhor e prioritário.

    Na vida, sou considerado bem sucedido também, o que sempre gera perguntas do tipo "Ele é rico né?"

    Quem me dera ...

    Sou um mero poupador.

    Muito bacana seu texto!

    Abraçao

    ResponderExcluir
  2. Fala G.F, se você tivesse uma profissão com menos Glamour (afinal engenheiro ainda tem um certo glamour), eles iriam te chamar de pobre mesmo !! tudo gira em torno da ostentação, faz bem em ter uma vida frugal.

    ResponderExcluir
  3. G.F

    Rapaz, ainda não cheguei neste patamar de ter tratamento diferenciado

    rsrsrsrs

    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vidinho!
      Talvez isso ocorra por conta do meio social que convivo, mas não me importo muito com isso... vamos em frente!
      Abraços

      Excluir
  4. Opa! Se puder adicionar meu outro blog no blogroll, ficarei grato: Porta dos Investimentos (http://portadosinvestimentos.blogspot.com.br)

    Adicionarei seu blog neste novo blog também!

    Muito obrigado e um abraço!

    Ps.: Desculpe a mensagem fora do tema, blog novo, tem que pedir aos amigos ajuda! Valeu!

    ResponderExcluir